Quarta-feira, 31 de Março de 2010

Deixar de viver, esperando algo que virá acontecer, também é uma forma de morrer. Nunca projete sua felicidade em  fatos externos a você. Concentre-se em seu ser, em seu potencial físico, mental, e espiritual.

Amplie sua luz, esteja cada vez mais conectado com o Grande Mistério, com a Mãe Terra, com o princípio da sua essência. Faça do seu coração o seu próprio templo.

Ao alimentar uma expectativa de felicidade alicerçada em atitudes de outras pessoas poderá ser muito frustrante. É sabido que todo Ser Humano é passível de erros e ainda somado a  isso “temperos” típicos, como o ego, a arrogância, a inveja, o ódio e outros atributos que consciente ou inconscientemente estão na espreita esperando uma oportunidade para se manifestar. Portanto invista muito em você mesmo.

Fica claro que você não deve buscar “Deuses” exteriores e sim buscar ao seu “Deus interior”... O eterno está em você!

Interagir  socialmente é necessário. É a vida, mas acredite e tenha certeza sempre que a verdadeira felicidade está pulsando em você, mantenha seu interior inabalável. Busque sempre encontrar a sua essência divina, mantenha ativado seu poder pessoal.

Viver é maravilhoso, é um mágico presente! As experiências, as relações, o tempo agindo e você aprendendo, crescendo espiritualmente, caminhando e usando o irmão tempo como um aliado nessa jornada, para que seu amor esteja sempre radiante, puro, amplo... incondicional!

Acredite em seu ser, assim fica muito mais leve e lindo viver...amar...superar...curar-se!
Quero sugerir a você um exercício bioenergético de visualização:
- De forma confortável , em silêncio ou ouvindo uma música apropriada, eleve seus pensamentos e acalme sua mente. Respire...

- Visualize que abaixo dos seus pés começa a surgir uma bela flor de lótus. Sinta que esse flor eleva suavemente você do chão; sinta como se você estivesse flutuando.

- Imagine que acima da sua cabeça surge uma estrela de cinco pontas. Perceba que um facho de luz branquinha começa a sair dessa estrela, passando pelo seu corpo até chegar ao lótus.

- Ao mesmo tempo, perceba que uma luz rosa começa a ser emanada da flor de lótus em direção à estrela. Você está dentro de uma coluna de luz alimentada pela energia do  Pai-Céu somada à energia da Mãe Terra.

- Para completar, visualize um grande arco dourado, radiante, envolvendo você, a estrela, o lótus, uma coluna de luz divina... Fique bem quietinho por um instante. Perceba o quanto esta prática faz bem e restabelece você. Concentre-se nessa alquimia da alma! Respire...



publicado por araretamaumamulher às 13:30 | link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13
14
15

16
17
18
22

23
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Característicos da violên...

As situações de violência...

Fatores que contribuem pa...

As (in) visíveis seqüelas...

As consequencias das agre...

Nunca vou compreender ist...

eu tenho uma dor dentro d...

Ainda me lembro quando es...

Ser mãe é padecer no para...

Mulheres, cuidando da cas...

arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

tags

a desvalorização da mulher

a morte de um filho

a mulher e acultura da desvalorização

agressão da mulher

agressão psicologica

agressor

amor

anorexia

aprendizado

baixa auto estima

baixa auto estima origem da dor.

baixa auto-estima

beleza

bulimia

circulo vicioso.

como agir em caso de violência

comotratar a violência

comportamento machista

consentimento silencioso.

criança ferida

cristianismo e o preconceito ao feminino

crueldade na familia

culpa

denuncia

depressão

desejo sexual

deus

dia da mulher

direitos humanos

direitos humanos para a mulher vitima.

dor

dor humilhação

educação

educação de filhos

emoções

envelhecer

falta de amor

familia

familia desestruturada.

feminismo

filho

gordura

humilhação

infância

infancia de dor

inveja

lar

lei maria da penha

luto

machismo

mãe

manipulação.

máscara

medo

medos

menopausa

mentira

mídia

mídia especializada

mitos verdades

morte

morte de um filho

morte prematura

mulher

mulheres

mulheres violentadas.

oração

orgulho

patriarcado

perda

perda de um filho

perdão

perversão

preconceito

rede social

relacionamentos

sagrado

silencio

silêncio

sociedade

sociedade machista

solidão

sonhos

suicidio

velhice

verdade

vergonha

violência

violencia

violência aceita

violência contra a mulher

violência da mulher

violencia da mulher

violência doméstica

violência emocional

violencia emocional

violência psicologica

violência sexual

vitima

vitimas de violencia.

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds